quarta-feira, 9 de novembro de 2016

RESULTADO DO CONCURSO LITERÁRIO DA AFEMIL
e
da Universidade Livre da Academia Mineira de Letras 2016

CLASSIFICAÇÃO

CATEGORIA CONTO

1. Primeiro lugar: "Mestres em Gaya"
Pseudônimo: O Semeador
Autora: Iná de Fátima Araújo Siqueira

2. Segundo Lugar: "Bonequinhos de Barro Escarlate"
Pseudônimo: Clara Galgani
Autora: Terezinha Gema Lins Brandão Chaves

3. Terceiro Lugar: "O Ribeirão Medita"
Pseudônimo: Cidinha
Autora: Maria Beatriz Del Peloso Ramos

MENÇÃO HONROSA na CATEGORIA CONTO

1. Primeiro Lugar: "Água Viva"
Pseudônimo: Raoni Ubirajara
Autor: Edweine Loureiro da Silva

2. Segundo Lugar: "Que as Crianças Cantem Livres"
Pseudônimo: Rafael da Travessa
Autor: Cláudio César Helvécio de Freitas

3. Terceiro Lugar: "A Menina Clara"
Pseudônimo: Ismélia Fontes
Autora: Juliana Patrício Borges

CATEGORIA CRÔNICA

1. Primeiro Lugar: "TOE 01/2045"
Pseudônimo: Quintana Rosa
Autor: Pedro Diniz de Araujo Santos

2. Segundo Lugar: "Descaso humano"
Pseudônimo: Maitê Monteiro de Barros
Autora: Maria Teresa M. Freire

3. Terceiro Lugar: "Mulher Fonte de Água"
Pseudônimo: Flor Azul
Autora: Rita de Cássia Zuim Lavoyer


MENÇÃO HONROSA na CATEGORIA CRÔNICA

1. Primeiro Lugar: "A Sobrevivência do Nosso Planeta Depende de Nós"
Pseudônimo: Robson Tavares
Autor: Wilson de Souza Lima

2. Segundo Lugar: " Uma viagem, seus encantos e o necessário contágio"
Pseudônimo: Curupira
Autor: Evandro Valentim de Melo

3. Terceiro Lugar: "Minha Parte"
Pseudônimo: Charles
Autor: João Baptista dos Santos

CATEGORIA ENSAIO

1. Primeiro Lugar: "Reciclar"
Pseudônimo: Pare o mundo que eu quero descer!
Autor: Ângela Togeiro Ferreira

2. Segundo Lugar: "Educação, ação e conscientização"
Pseudônimo: Capra
Autora: Solange Firmino de Souza

3. Terceiro Lugar: "Salvemos nosso Planeta para as futuras gerações"
Pseudônimo: Amanhecer
Autora: Irlanda Silva Gino


MENÇÃO ESPECIAL na CATEGORIA CRÔNICA por CRIATIVIDADE

1. Primeiro Lugar: "O Gigante"
Autora: Maria Lúcia Mendes

2. Segundo Lugar: "Fragmentos"
Pseudônimo: File 945010A
Autor: Rodrigo Guimarães Pena

3. Terceiro Lugar: "O Choro da Araucária"
Pseudônimo: Xoxim
Autor: Evandro Luiz Gaffuri


CATEGORIA POESIA

1. Primeiro Lugar: "Prelúdio à Primavera"
Pseudônimo: Axial
Autor: Josemar Otaviano de Alvarenga

2. Segundo Lugar: "SalvAção"
Pseudônimo: Vitória Régia
Autora: Sara Braga

3. Terceiro Lugar: "A cada Folha"
Pseudônimo: Beto Barcelos
Autor: André Telucazu Kondo

MENÇÃO HONROSA na CATEGORIA POESIA

1. Primeiro Lugar: "Cura"
Pseudônimo: Clara Maia
Autora: Monica Costa Netto

2. Segundo Lugar: "Deslumbre"
Pseudônimo: La Blanca Luna
Autora: Gisela Lopes Peçanha

3. Terceiro Lugar: "Geogrito"
Pseudônimo: Salamandra
Autora: Helena Carneiro Polles

MENÇÃO ESPECIAL na CATEGORIA POESIA

1. Primeiro Lugar: "Ararinha Azul"
Pseudônimo: Luz Emergente
Autora: Neusa de Oliveira Sousa

2. Segundo Lugar: "Ele, o rio"
Pseudônimo: Heside Bacan
Autora: Nathale Prates Ribeiro Moura

3. Terceiro Lugar: "A Terra"
Pseudônimo: Luz de Abril
Autora: Teresinka Pereira

4. Quarto Lugar: "O Eterno Ritmo"
Pseudônimo: Adiene
Autora: Maria Eneida Nogueira Guimarães

5. Quinto Lugar: "A Sobrevivência do nosso Planeta depende de nós"
Pseudônimo: Carol Severiano
Autora: Silvia Coutinho

6. Sexto Lugar: "EnTerrar"
Pseudônimo: Pietro de Aragão

Autor: Rômulo César Lapenda R. de Melo

sábado, 9 de julho de 2016

CONCURSO LITERÁRIO DA ACADEMIA FEMININA MINEIRA DE LETRAS,
DA UNIVERSIDADE LIVRE  E
DA ACADEMIA MINEIRA DE LETRAS 

“Preservação do meio ambiente”.
Acham-se abertas as inscrições para o Prêmio AFEMIL – Universidade Livre 2016 sob o título: “A SOBREVIVÊNCIA NO NOSSO PLANETA DEPENDE DE NÓS”.
O objetivo deste tema é realçar a importância da preservação do meio ambiente e a convivência harmônica com o outro ser humano com o fim de salvar as espécies em extinção e dar um mundo melhor para as gerações futuras.
  1. Prazo: 1 de setembro a 30 de outubro de 2016.
  2. Os candidatos poderão concorrer apenas com um trabalho: conto, crônica ou poesia.
  3. As poesias deverão ser de, no máximo, 30 linhas.
  4. Os contos e crônicas deverão ser de, no máximo, três laudas.
  5. Os trabalhos deverão ser digitados em ARIAL, tamanho 12, espaço 1,5 – em três vias e enviados para a Diretoria da Academia Feminina Mineira de Letras, à Rua dos Timbiras, n° 1560, salas 703/704, Belo Horizonte, Centro – CEP: 30.140-061.
  6. Os textos deverão ser enviados sob pseudônimo.
  7. Em envelope separado e lacrado, deverão acompanhar o material uma lauda com o título do trabalho/nome, endereço completo, e-mail e telefone do autor.
Todos os itens deverão ser respeitados, caso contrário o trabalho será desclassificado.
Serão entregues medalhas e diplomas aos três primeiros lugares de cada categoria e Menções Honrosas aos quartos, quintos e sextos lugares.
Os textos classificados serão publicados na PALAVRA – Revista da AFEMIL e na Revista MULHERES da UFMG. Haverá uma Comissão Julgadora composta de três escritores designados pela diretoria dos órgãos promotores do concurso.
Os prêmios serão entregues em Sessão Solene da Universidade Livre, Auditório Vivaldi Moreira, Academia Mineira de Letras, à Rua da Bahia, n° 1.470, Belo Horizonte, 23 de novembro de 2016.
Mais informações podem ser obtidas com Helene Paulinyi, pelo telefone 3261 8147 ou o e-mail: hnpaulinyi@yahoo.com

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Concurso Literário AFEMIL-AML



CONCURSO LITERÁRIO DA ACADEMIA FEMININA MINEIRA DE LETRAS E DA
                 UNIVERSIDADE LIVRE DA ACADEMIA MINEIRA DE LETRAS

Acham-se abertas as inscrições para o Prêmio AFEMI UNIVERSIDADE LIVRE 2014, sob o título:
CENTENÁRIO LACYR SCHETTINO

PRAZO: de 15 de Setembro a 30 de Outubro
 -              Os candidatos poderão concorrer apenas com um trabalho: conto, crônica ou poesia;
    -  As poesias deverão ser de, no máximo, 30 linhas;
   -  Os contos ou crônicas poderão ser de, no máximo, três laudas;
-               Ambos deverão ser digitados em Arial ou Verdana, tamanho 12, espaço 1,5; em três vias e enviados para a
Diretoria da Academia Feminina Mineira de Letras
Rua dos Timbiras, 1560, Salas 703/704 – Centro
 30140 061 – Belo Horizonte/MG - Brasil
   -  Os textos deverão ser enviados sob pseudônimo;
- Em envelope separado e lacrado, deverão acompanhar o material uma lauda com título do trabalho/ nome, endereço completo, telefone e e-mail do autor;
-              Todos os itens deverão ser respeitados, caso contrário o trabalho será desclassificado;
-              Serão entregues medalhas e diplomas aos três primeiros lugares de cada categoria e Menções Honrosas aos quartos, quintos e sextos lugares. Os textos classificados serão publicados na Palavra, Revista da AFEMIL e na Revista Mulheres em Letras, da UFMG;
-                Haverá uma Comissão Julgadora composta por três escritores designados pelas diretorias dos órgãos promotores do concurso;
-                Os prêmios serão entregues em sessão solene da Universidade Livre, Auditório Vivaldi Moreira, Academia Mineira de Letras, à Rua da Bahia, 1470, Belo Horizonte, no dia 27 de Novembro de 2014.
-            academiaafemil@gmail.com

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Árvore de Natal Artesanal - Meus sinceros e carinhosos agradecimentos


Antônio Carlos Dayrell

 Data:de 12.12.2012 até 06.01.2013


Do artista Antônio Carlos Dayrell. A obra, que possui três metros de altura e é feita de papelão reciclado, está exposta pela primeira vez em espaço público. Segundo Dayrell, a idéia foi criar uma árvore que representasse a vegetação do Cerrado de Minas Gerais e fugisse do padrão dos pinheiros natalinos.

 Entrada Franca

Fonte: Belotur

 
 
Agradeço aos belorizontinos,
usuários da Rodoviária de Belo Horizonte e a todos
aqueles que de alguma forma concorreram para o êxito da exposição,
meus sinceros e carinhosos agradecimentos.
 


"Uma hora ou outra o destino se ajeita, as coisas se acertam, o passado é esquecido, as dores cicatrizam. Quem tem que ficar, fica, o que é verdadeiro, permanece, e o que não é some. Não tenha pressa, não guarde mágoas, não queira pouco. Sempre queira o melhor. Espere na sua. Aprenda a ser paciente. Aprenda a ouvir uma boa música quando a tristeza bater. Aprenda a ignorar o que te faz mal. Aprenda, sobretudo, a ter fé. Fé de que, por mais difícil que seja, o universo sempre vai conspirar a seu favor." (MÁRIO QUINTANA)

 
Muito Obrigado.
 
Antônio Carlos Dayrell